Saturday, November 25, 2006

O tempo

A seta do tempo
é flecha plástica
toda de madeira e fogo.
A voz do vento
ecoa a mágica
de toda brincadeira e jogo.
Arde no peito
o sentido cósmico
a direção tomada de logro.

A flecha é veloz
o furo irreversível
e como arde
uma vez queimado...
Tudo é combustível.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home