Friday, March 24, 2006

Conceitos

1) Droga. Foda-se o Houaiss. Droga é tudo aquilo que pode viciar e em exagero (ou nem tão exageradamente) faz mal. Pode fazer bem também - isso não faz parte do conceito. Senão vejamos:

Todo mundo sabe que cigarro, bebida, maconha, cocaína, heroína e cogumelo fazem mal. Mas há algo de estranho numa humanidade que desde os tempos primevos sempre consumiu pelo menos uma coisa tóxica. Hipóteses:

1.A. Ao sermos expulsos do Éden, o consumo de drogas estava naquele pacote que o Arcanjo Gabriel saiu carregando sobre o ombro, só pra depois jogar no homem e na mulher assustados, com força, e xingar: "Se eu fosse vocês não chamava a polícia!"

1.B. Com a evolução da inteligência os seres humanos começaram a viajar em altas hipóteses malucas sobre a causa das coisas. Porque começou-se a perguntar: qual a causa disso? Humanos têm duas coisas importantes a distingui-los dos chimpanzés e outros animais, coisas que permitiram pensar em causas bem complicadas para tudo:
1.B.I - comunicar-se por palavras, que apresentam mais possibilidades de associação que os grunhidos, o que deve facilitar para guardar as coisas na memória;
1.B.II - associar símbolos, palavras, e fonemas, na verdade qualquer coisa, em cadeias potencialmente infinitas, criando assim longas histórias. Pode-se encadear causa atrás de causa atrás de causa atrás de causa.... até chegar a lugar nenhum. Assim inventou-se Deus. Uma causa primeira. Conclusão: as substâncias psicotrópicas, ou que de outra forma alterem o comportamento, sempre forneceram idéias diferentes das que a mente limpa conseguia conceber. Pô, meu, viajar é mó barato! Pergunte aos filósofos.

2) Roquenrol. Não tem explicação, foi só uma palavra que inventaram para marcar uma coisa que estava acontecendo, umas músicas meio parecidas. Mas é só isso. Agora; cada música, vai...

3) Sexo. Forma de misturar conteúdo genético; foi assim que surgiu, conferindo vantagens aos antigos seres que o praticaram, melhorando-o. Mas eu nasci 1979 anos depois de Cristo, e mesmo ele já entrou tarde nessa história. O mecanismo que faz misturar conteúdo genético não é nada simples, tente imaginar, e nenhuma empresa multinacional estava lá pra dar garantia de cinco anos. Em outras palavras, quem falou que todo mundo é igual? Sexo geralmente funciona, e precisamos nos contentar com isso.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home