Tuesday, March 08, 2016

os animais, as plantas

Certas dicotomias de gênero podem não fazer sentido algum, ou talvez façam.

Além do português, outros idiomas também têm as suas estranhezas sobre o que é masculino e o que é feminino.

O alemão, por exemplo, tem suas bizarrices, com certos substantivos -- sempre com letra maiúscula -- recebendo gêneros (artigo masculino ou feminino) de forma que o ansioso estrangeiro em vão se esforça para entender.


Que sentido pode haver por trás deste caos?


o automóvel, a estante

o enfoque, a peste

o som, o ar, a tez

o pé, a fé

o hoje, a verve

o embate, a fome

o dente

a estepe

o esmalte

a cal

o sol

o sal

a lebre

o esporte

o táxi

o ímã

a estirpe

o furor

o ranger

o abrir

e fechar

as portas dos céus


podes fazê-lo como ave fêmea?







os animais, as plantas



uma semente não precisa saber para chegar, umas perecem, outras chegam

animais sabem melhor, e ainda assim nem todos chegam aonde poderiam

a ave no ninho calcula a direção do vôo

pelas lembranças e aromas, visão e música da Natureza


os opostos se completam, alto e baixo, claro e calor

e no escuro da nossa mente uma luz brilha

associando cada paisagem, cada nome e cada caminho

aos lados que definem, contrários, as nossas vidas


tudo se soma, tudo se divide

tudo foi feito pra se compartilhar

mas nem tudo é dado

muito é escondido

ainda é cedo pra nos admirar

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home