Wednesday, February 02, 2011

Egito

As revoluções no Egito são apontadas por alguns especialistas como coisa grande. Vejamos, em todo o mundo Árabe, o Egito era o único país a apoiar EUA e, consequentemente, Israel. Alguns apontam a Irmandade Muçulmana como potencial protagonista no conflito, com riscos inclusive de tomar o poder. Uma das coisas que esta Irmandade deseja é a aplicação da Sharia, a Lei Islâmica. Se isso acontecer, não sei se seria exagero pensar que pode haver escalada semelhante em outros países árabes, com a deposição dos atuais reis, príncipes, xeques, aiatolás e sua substituição pela mesma Irmandade, que poderia iniciar um processo de união desses países semelhante ao que aconteceu na União Europeia. Ainda que isso não aconteça agora, é um sonho antigo calentado em muitos corações por lá.

E quais são as manchetes dos jornais brasileiros?

Globo (G1): Confrontos deixam mais de 600 feridos no Cairo, diz governo do Egito
Terra Brasil: Vice pede a manifestantes que voltem para casa no Egito
NoticiasBR: Manifestantes entram em conflito no Egito (depois de dias de conflitos!)
Paraná-Online: Netanyahu acusa Irã de querer 'outra Gaza' no Egito
Estadão: Vice-presidente do Egito diz que diálogo depende de fim de protestos
Correio do Brasil: Violentas batalhas de rua marcam escalada dos protestos no Egito
BBC Brasil: EUA condenam violência e mostram preocupação com imprensa no Egito
Yahoo: Bolsas dos EUA operam com sinais opostos, entre protestos no Egito ...
Terra Brasil: Revolta do Egito é laica e não afetará cristãos, diz especialista
JB: Mudanças no mundo árabe podem criar paisagem menos favorável aos EUA
Euronews: Situação no Egito divide comunidade internacional
Terra Brasil: Egito sustenta preços do petróleo, apesar da alta de estoques nos EUA
O Globo: Petróleo recua em NY, mas avança em Londres
Estadão: Crise no Egito faz barril do petróleo passar de US$ 100
Terra Brasil: Bombas incendiárias são lançadas em área de protestos no Egito
Zero Hora: Crise política no Egito pode prejudicar comércio com Brasil no ...
Record (R7): Violência entre manifestantes deixa 600 feridos e um morto no Egito

O preço do petróleo, as bolsas dos EUA e o número de mortos e feridos são mais importantes do que os múltiplos significados geopolíticos do conflito. O fato de o ditador Mubarak estar no poder há cerca de 30 anos - nos quais manteve o país atrasado e com uma péssima distribuição de renda - não é suficiente para que a mídia brasileira apresente a notícia com o mínimo de otimismo. Fica parecendo que os manifestantes são marginais arruaceiros que mereceriam mesmo levar porrada da polícia. Em tempo: o exército está nas ruas mas não faz nada contra os manifestantes. Acompanhemos.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home