Saturday, January 14, 2012

Como definir uma distribuição não-normal? Desenhando-a!

Precisamos definir pedofilia. Que espaço há para a variação individual nas definições atuais? A natureza é feita de diversidade, não de pontos e linhas numa tabela. As pessoas que estão presas, precisamos analisar seus processos e pegar a idade média, mediana e desvio padrão dos dois lados. Conhecendo o Brasil, eu chuto que deve ter um monte de gente presa injustamente por uma definição exagerada de pedofilia. De qualquer maneira, a polícia precisa de números para justificar seus salários e todas as vagas na repartição e também a construção de presídios; por mais que a "criança" grite que também queria, ninguém a ouve, preferem seguir Santo Agostinho, um pervertido. No livro de Carl Sagan, O Mundo Assombrado Pelos Demônios, uma pessoa que foi abusada sexualmente quando criança disse que superou isso muito mais facilmente que o medo sobrenatural do inferno que a igreja colocou em sua cabeça muito mais precocemente. Isso somado a relatos antropológicos de aulas sobre a sexualidade envolvendo vários níveis etários, nos leva a crer que a iniciação sexual não deve ser adiada como acontece hoje - em nome da educação para a sobrevivência num sistema de competição e desperdício de recursos, ou seja, a iniciação sexual poderia não ser adiada, evitando graves efeitos colaterais, que muitas vezes acompanham o indivíduo pelo resto da vida. Basta ver os MILHÕES de homossexuais brasileiros que acham que suas mães não sabem, pense numa miséria espiritual dilacerante! fora os outros adultos com problemas sexuais; isso antigamente, que as "crianças" ainda tinham uma área verde por onde se esconder - e no futuro, se um dia pudermos superar os horríveis preconceitos que levam crianças, adolescentes e jovens a desejarem adultos sexualmente sem poderem ser correspondidas, olharemos para hoje com nossas prisões abarrotadas com horror maior que aquele com que hoje olhamos a morte piedosa, "sem derramamento de sangue", da Inquisição (que, nunca é demais lembrar, foi o resultado do cristianismo no poder, como é ainda hoje fortemente por ele influenciado a homofobia, o machismo, falsas noções de sexualidade na adolescência e suas relações com o mundo adulto - ou seja, falso pudor. Os chineses "ateus" devem ser mais justos que isso, posto que suas mitologias dominantes - taoísmo e confucionismo - não viraram a natureza humana de cabeça para baixo, pelo contrário, tentaram entendê-la e não resistir a ela).

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home