Saturday, June 30, 2007

Ingênuo

Escrever é muito misterioso.

Quando cada palavra vem, você não sabe direito de onde ela vem, ou para quê. Sabe que ela vem como verdade, como palavras que você sinceramente diria.

Pensei em escrever sobre as mentiras que se aceita como necessárias na vida pública em nosso país, como pensei em escrever sobre como modifiquei há pouco minha concepção pessoal sobre o que eu acreditava verdadeiro até então, ou sobre o que eu nunca tinha pensado. Mas não.

Escrever é tornar sólido o gás da mente.

É preciso um cuidado todo especial para fazê-lo. Como se, ao escolher uma palavra para conduzir uma idéia, você tivesse depositado nela sua honra e seu direito de levar adiante você. Um perigo compensado pela oportunidade de se entender.

Há no mundo pessoas e pessoas. Cada uma tem uma parte da visão do mundo, como se visto pela direita ou pela esquerda, mais de cima ou de baixo. Alguns têm uma variedade de pontos de vista, outros são teimosos em sua própria perspectiva. Alguns acedem gentilmente sobre a opinião alheia, desde que sustentada sobre uma lógica asseada. Outros até seguem a lógica, mas exigem evidências. E outros ainda simplesmente não se importam, ou não percebem.

Talvez todos estejam errados, a não ser aquele que diga apenas o que viu. E o mundo é muito maior do que todos vêm.

É o caso do metropolitano que não conhece o ponto de vista do ribeirinho, e do ribeirinho que ignora o do metropolitano.

Ou do livre-pensador que despreza o padre que entende o pobre que não entende o rico. E do rico que, muito menos, entende o pobre.

Chamar amazonense de pobre? No meio da floresta mais rica do mundo? Pura ingenuidade.

2 Comments:

At 11:09 AM , Blogger Chico Prosdócimi said...

Opa! Gostei do "Escrever é tornar sólido o gás da mente." Doido! Acho mesmo que a escrita é um processo de formalização de pensamentos e acredito que a formalização destes é o que gera mais conhecimento para o homem... ainda que vc possa não dar ao "maior conhecimento" um valor positivo de moralidade, algo que faço sem temer.
[]s!

 
At 9:37 AM , Anonymous Anonymous said...

Onde eu disse que o maior conhecimento não tem maior valor moral? (Ou coisa parecida?)
Sinceramente não me lembro, e mesmo assim essa relação já dá um ensaio enorme, pois é bem complicada.

 

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home