Tuesday, August 12, 2008

Tao Te Ching 41-50

41

O aprendiz elevado, ao ouvir o Tao,
diligentemente o segue;
o aprendiz médio o segue conforme a ocasião;
o aprendiz medíocre, ao ouvir o Tao,
dá sonoras gargalhadas.
Se não gargalhasse, não seria o Tao.

Por isso foi criado o provérbio:
o caminho (Tao) claro não parece tão claro,
avançar no caminho parece retroceder,
o caminho seguro parece falho,
a virtude elevada parece rasa,
a virtude vasta parece pouca,
a virtude sólida parece frágil
o caráter verdadeiro parece oscilar,
a grande clareza parece ofender,
o grande quadrado não tem pontas,
o grande instrumento é o último a ser terminado,
a grande música tem poucos sons,
a grande imagem não tem forma.

O Tao é oculto e desconhecido
e ainda assim nutre e completa todas as coisas.


42

O Tao deu origem a um,
o um deu origem a dois,
os dois deram origem a três,
os três deram origem a todas as coisas.

Todas as coisas vêm do yin (feminino) e buscam o yang (masculino),
do equilíbrio entre os dois se produz a harmonia.

As pessoas odeiam a solidão,
a pobreza e a falta de valor.
Mas os líderes assim se definem.
Pois as coisas decrescendo, aumentam;
ou aumentando, decrescem.

O que outros ensinaram eu também ensinarei:
os violentos sempre têm uma morte violenta.
Esse será o meu ensinamento mais importante.


43

O mais flexível sempre passa à frente do mais duro.
Quem tem pouco entra onde não há espaço.
Portanto eu sei o benefício da mínima ação.

Poucos no mundo alcançam
a sabedoria de ensinar sem palavras,
e o benefício da mínima ação.


44

Fama e saúde, qual é mais querido?
Saúde e dinheiro, qual vale mais?
Ganhar e perder, qual é mais destrutivo?

Quem se apega demais
desperdiça o que é mais valioso.
Quem muito guarda, muito perde.

Por isso, quem se contenta com pouco sofre menos.
Quem sabe quando parar se afasta do perigo,
e vive por mais tempo.


45

A grande realização parece incompleta,
mas não engana.
Aquilo que é completo parece oco,
mas seu uso não o extingue.
A grande reta parece torta,
a grande habilidade parece desajeitada,
o grande argumento parece ilógico.

O quieto vence o inquieto,
o manso vence o feroz.
A tranqüilidade serena é a maneira do universo.


46

Num mundo com o Tao,
os cavalos levam esterco pelo campo.
Num mundo sem o Tao,
cavalos de guerra proliferam nos campos.

O maior desastre está em
não se satisfazer com o bastante.
A maior falha está no desejo de ganho.

Portanto, a satisfação com o que se tem
é a satisfação mais duradoura.


47

Sem sair pela porta, conheça o mundo;
sem olhar pela janela, perceba o Tao do universo.

Aquele que mais se afasta de si
é o que sabe menos.

Por isso, o sábio descobre o mundo sem viajar,
entende as coisas sem vê-las,
alcança o que deseja sem agir.


48

Na busca do conhecimento, a cada dia algo é aprendido.
Na busca do Tao, a cada dia algo é abandonado.

Abandone, e abandone mais,
até aprender a mínima ação:
não fazer, e não deixar sem fazer.

Para conquistar o mundo
é preciso constantemente se desapegar das coisas.
Se o apego for mantido,
sempre restará algo por conquistar.


49

O sábio não tem uma mente fixa,
sua mente acompanha a mente das pessoas.

Para os bons, eu sou bom;
para os maus, eu também sou bom;
eis a virtude do bem.
Para os honestos, eu sou honesto;
para os desonestos, eu também sou honesto;
eis a virtude da honestidade.

O sábio vive num mundo bem restrito, não parece?
mantém sua mente simples e verdadeira.
Todos o observam e o escutam,
e ele os trata como crianças.


50

Para morrer basta estar vivo.
3 em 10 são seguidores da vida;
3 em 10 são seguidores da morte;
3 em 10 amam a vida,
mas se movem rumo à morte.
Por que é assim?
Porque se apegam demais à vida.

Fala-se daqueles radiantes de vida,
que seguem seu caminho sem temer
encontrar um rinoceronte ou um tigre,
que entram no exército sem temer os tiros.
O rinoceronte não encontra nele
um lugar onde cravar seus chifres.
O tigre não encontra nele
uso para as suas garras.
O soldado não encontra nele
destino para sua lâmina.

Por que é assim?
Porque nele não há lugar para a morte.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home