Wednesday, March 31, 2010

Ame o distante

A qualidade da escrita vem de um desejo ardente de mudar o que está ao redor. É a insatisfação alimentando o espírito questionador, poeta, filósofo.

E ao redor temos ricos e pobres. Estes querem mudança, aqueles não. Por isso os intelectuais costumam se aproximar dos pobres, com quem divide sua indignação, por quem pode ser verdadeiramente compreendido.

Mas há duas classes de ricos: pergunte se alguém é rico, e sua resposta o entregará. Muito poucos se reconhecem assim, e provavelmente jamais veremos um desses. A maioria dirá que ricos são aqueles ainda mais ricos que ele próprio. Modéstia? Não, apenas um desejo egoísta de tornar-se ainda mais rico.

"Ame o próximo", mas tranque as grades.

Nossa máxima deve ser: "AME O DISTANTE".

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home