Thursday, March 01, 2007

"A liberdade para mim é uma coisa muito maior e mais importante do que a ciência."

- Alfred Russell Wallace, naturalista inglês, "primo pobre" de Charles Darwin, que viajou o mundo e chegou igualmente à Teoria da Seleção Natural, base da biologia atual. Ao contrário de Darwin, que ficou perplexo pelas diferenças entre os aborígenes da Terra do Fogo e os ingleses, Wallace identificou de pronto as semelhanças dos aborígenes malaios e ele próprio. E ao contrário de esconder sua maior descoberta por vinte longos anos, como fez Charles, acabou entregando suas idéias tão logo nasceram, para o homem mais interessado em saber da existência delas, o próprio Darwin.

http://www.newyorker.com/printables/critics/070212crat_atlarge_rosen

2 Comments:

At 8:12 PM , Blogger Rafa Pros said...

Putz, o almoço na casa dos Darwins devia bombar demais...ele, o spencer e esse ultimo cara discutindo devia até dar indigestão..hehe

Achei interessante isso de pensar apartir das semelhanças...uma perspectiva bem da antropologia estruturalista...

 
At 10:32 PM , Blogger Rodrigo said...

Não manjo esse negócio de antropologia estruturalista, não. Mas é bem o enfoque biológico que eu também sigo.

E o Darwin não era fã de polêmicas, era até medroso. Mas se o Huxley tivesse no almoço aí, sim, podia sair de baixo que vinha barraco...

 

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home