Monday, October 30, 2006

indivisa majestade

O lagarto escala com destreza a árvore atrás da sua presa.
No caminho expõe a bela pele da garganta - sua bandeira.

Já não lembra mais da presa, voôu.
Só quer exibir seu vermelho pintado de preto,
as cores que herdou,
seu orgulho masculino,
lábaro viril, seu sangue,
suas escamas, honra e glória sáurias.

Para sempre a natureza será
o apelo sensual dos indivíduos.

Indivisa majestade - o instinto orgulho.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home